domingo, 18 de maio de 2014

III Festival de Poesias

       A Escola Municipal Cecília Meireles realizou no dia 24 de abril deste ano seu III Festival de Poesias; ocasião em que os alunos manifestar seu talento e desenvoltura.

       Como em todos os festivais anteriores, a professora Stael de Melo Aguiar se esmerou dando o máximo de si, para que os alunos se apresentassem da melhor forma possível.

       Segundo a professora, o planejamento de trabalho de cada festival abrange quatro momentos específicos…

Primeiro Momento – A escolha das Poesias

       Nesse primeiro momento, a professora seleciona várias poesias, de diversos autores obedecendo ao critério de que sejam voltadas para o público infantil. Em seguida são confeccionados cartazes convidando os alunos a participarem do festival, abrindo-se inscrições para a participação. De posse dos cartazes, a professora Stael se dirige até as salas de aula para fixar os cartazes e convidar os alunos à que participem.

       Os alunos que demonstram interesse são convidados à se apresentarem à biblioteca da escola, onde são procedidas as inscrições e a distribuição das poesias. Feita a escolha, pelo aluno, da poesia que pretende declamar, seu nome é anotado, juntamente com a poesia escolhida, para ser anunciado no dia da apresentação.

Segundo Momento – Memorização da Poesia

       Cada aluno que se “candidata” à participar da festividade leva para seus responsáveis um bilhete da professora falando do interesse do aluno em participar do festival, ressaltando a importância de que os pais ou responsáveis estejam não apenas autorizando, mas também incentivando a participação do aluno em eventos desse tipo, auxiliando-os em casa durante o período de memorização do poema escolhido.

       Cada aluno(a) tem aproximadamente 15 dias para decorar/memorizar o poema que escolheu.

Terceiro Momento – Ensaios

       Durante o período de memorização, a professora Stael visita as turmas e convoca os alunos que estarão participando do festival a que a acompanhem até a biblioteca, onde são orientados pela professora a forma de declamar a poesia – entonação de voz, gestos, posturas, expressão corporal etc. Isto é feito duas vezes por semana, até a chegada do momento em que farão a apresentação diante do público que comparecerá na escola para vê-los no palco.

       O objetivo dessa atividade é estar incentivando os alunos a tomar gosto pela leitura e declamação de poesias; desenvolver suas habilidades artísticas e de expressão corporal, assim como a desenvoltura necessária para enfrentar grandes plateias.

       A professora procura mostrar-lhes que não importa a “perfeição”, e sim a “participação”. Muitos dos alunos que participam do festival tem dificuldades de se expressar, dificuldades de linguagem, de fala, timidez… Entretanto, durante o período de preparo para a apresentação, acabam apresentando um ótimo desenvolvimento e progresso, vencendo suas próprias limitações.

       Segundo a professora, “é gratificante ver o esforço demonstrado por cada aluno para se apresentar diante do povo, dando o melhor de si”.

Quarto e Último Momento – Apresentação

              Os alunos são vestidos “á caráter”, de acordo com a poesia que irão declamar, e devem chegar à escola pelo menos 30min antes da apresentação, para os “retoques finais” (maquiagem nas meninas e ajuste nos meninos).

       Sempre que possível, uma pré-declamação para a professora, e então… São conduzidos ao palco da escola, onde apresentam seu pequeno “Show”.

       Em seguida vem a entrega do certificado que é pessoal e nominal, juntamente com uma pequena e singela lembrancinha (este ano foi uma caderneta e um lápis), buscando incentivá-los a criarem suas próprias poesias para o IV Festival.

       A seguir as imagens de todo o processo e o resultado final…